Páginas

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Balada do ataque cardíaco

1
Um dos meus eus morreu hoje
estava andando calmamente
quando caiu inerte
apenas observei
não falei nada
ri disfarçadamente
e um dos meus eus morreu
hoje, e ficou lá
ninguém reparou
foi um doce momento
mas era tarde
um dos meus eus morreu hoje
e ninguém saboreou a doçura daquele
momento, mas foi mesmo assim
só eu ri e fui embora

2
Aquele eu queria tanto
saber sobre outras vidas
agora o desgraçado foi
conferir pessoalmente
eu espero que ele não fique frustrado
nada é interessante nem nesta
nem em qualquer outra vida!
É tudo uma grande maçada!

3
Depois que aquele eu morreu
fiquei só, foi estranho
nunca fiquei só na minha mente
não sei como lidar com isso
será que invento outro eu?
É divertido conversar um pouquinho
e depois ver meus eus morrerem!
É como um copo que cai
e se espatifa e se torna milhares de pedacinhos
pedacinhos de memórias
que eu recolho e moldo
com um novo rosto e um novo assunto
Um dos meus eus morreu hoje
nem me espantei, apenas ri
e voltei ao ócio diário.

Um comentário: